Governo já gastou R$ 25,3 milhões na repatriação de brasileiros

Governo já gastou R$ 25,3 milhões na repatriação de brasileiros

Grupo de brasileiros que estava em Manila, nas Filipinas, e foi repatriado

O Ministério das Relações Exteriores já desembolsou R$ 25,3 milhões para o fretamento de aeronaves e outras despesas necessárias para repatriamento de mais de 12 mil brasileiros que estavam no exterior e sofreram as consequencias do cancelamento de voos e fechamento de cidades devido à pandemia da covid-19.

O levantamento dos dados foi feito pelo R7 no portal da transparência do Governo Federal, revela que, em média, o país investiu R$2.200 para trazer cada brasileiro de volta para casa.

Os dados mostram que a Embaixada do Brasil de Lisboa, em Portugal, pagou R$ 8,3 milhões para trazer repatriar cidadãos que estavam desasistidos de volta para o país.

A Embaixada de Jacarta, na Indonésia, investiu R$ 5,7 milhões pelo fretamento de um avião para mais de 220 brasileiros no país, já a Embaixada de Nova Delhi, na Indía, gastou outros R$ 4,4 milhões para repatriar mais de 300 pessoas.

Levantamento aponta gastos dos brasileiros

Levantamento aponta gastos dos brasileiros

Segundo o Ministério das Relações exteriores, cerca de 5 mil brasileiros ainda esperam por repatriamento. Os consulados e embaixadas do país no exterior estão mobilizados para atendê-los e trabalhando no mapeamento dos brasileiros retidos e que precisam voltar para casa.

A pasta pede ainda que os brasileiros que estão nessa situação procurem o serviço diplomático brasileiro no país em que está.

Governo tem fretado aeronaves para trazer os brasileiros de volta

Mega Curiosidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *